Notícias

14.nov.2017 RSS Senge

Copelianos aceitam proposta da empresa e encerram campanha salarial

Com vigência 2017/18, novo acordo coletivo segue para redação final e assinatura dos sindicatos. Proposta aprovada prevê reajuste salarial e de benefícios.

Com 78% dos votos registrados nas mais de 30 assembleias promovidas pelos sindicatos, os trabalhadores da Copel aceitaram a proposta da empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2017/18. A votação contou com participação de 3,9 mil funcionários da estatal.

Apuração foi transmitida ao vivo pelo Senge. Aprovação da proposta foi definida por 78% dos votantes.

Apuração foi transmitida ao vivo pelo Senge. Aprovação da proposta foi definida por 78% dos votantes.

 

Aprovada, a proposta de ACT prevê reajuste salarial pelo INPC, previsto em 1,63%, reposição da inflação nos vales educação, refeição e lanche, e abono salarial pago em duas parcelas.

 

A maior parte do abono, composto por parcela fixa mais um percentual do salário nominal de cada trabalhador, será pago ainda neste mês, junto com os reflexos dos reajustes de outubro. A segunda parte será quitada em fevereiro de 2018, segundo proposta da Copel.

 

O Senge e os demais sindicatos enviarão nos próximos dias a formalização do resultado das assembleias para a Copel, informando o aceite da proposta. Com isso, inicia-se a redação do novo acordo, para assinatura e registro no Ministério do Trabalho.

 

A apuração dos votos foi nesta terça-feira (14), no KM 3, e foi transmitida ao vivo pelo Senge. Dos 3,9 mil votantes, pouco mais de três mil definiram por aprovação da proposta, 835 votaram pela recusa, 14 deixaram voto em branco, 11 anularam e dez abstiveram da votação.