Notícias

24.set.2018 RSS Senge

[RESPOSTA NAS URNAS] Campanha do Senge-PR resgata posição de parlamentares nas principais votações dos últimos quatros anos

Objetivo da campanha é servir de instrumento de pesquisa para a escolha dos candidatos

Nos últimos quatro anos, as casas legislativas brasileiras aprovaram projetos com efeitos estruturais para os direitos trabalhistas, a soberania nacional e o investimento público em políticas sociais. Ao contrário do que diziam os programas de campanha de parte dos candidatos durante as eleições, a maioria dos senadores, deputados federais e estaduais aprovou projetos que retiraram direitos adquiridos, retrocederam em políticas de incentivo à indústria nacional, fragilizaram as empresas e os serviços públicos.

A campanha “Resposta nas urnas” é um convite do Senge-PR para que você, eleitor, eleitora, confira quais foram as posições dos parlamentares nas votações com maiores impactos negativos para os brasileiros e também para os paranaenses, em específico.

Em cada “sim” e “não” registrados nos painéis de votação, os representantes da população marcaram a suas trajetórias políticas. Carlos Roberto Bittencourt, presidente do Senge, explica que o objetivo da campanha é servir de instrumento de pesquisa para a escolha dos candidatos. “Agora, na hora do voto, as urnas poderão dar a resposta e eleger parlamentares que defendam e pratiquem, efetivamente, a defesa dos interesses da maioria da população”.

Entre os inúmeros retrocessos protagonizados ou com aval dos parlamentares, a campanha Resposta nas urnas elencou cinco votações com impactos diretos para os direitos trabalhistas e para a engenharia nacional.

Mantivemos a lista com todos os parlamentares votantes, mesmo aqueles que não estão candidatos nesta eleição. Confira se o seu candidato é um herdeiro político ou se é do mesmo partido daqueles que votaram contra os interesses da população.

LEIA TODAS AS PUBLICAÇÕES DA CAMPANHA RESPOSTA NAS URNAS

:: Quem aprovou e quem votou contra o desmonte da ParanáPrevidência

:: Quem aprovou e quem votou contra a venda de ações e bens da Copel e da Sanepar

:: Quem aprovou e quem votou contra a Reforma Trabalhista

:: Quem aprovou e quem votou contra o fim da obrigatoriedade de participação da Petrobras na exploração do Pré-sal

:: Quem aprovou e quem votou contra congelamento dos investimentos públicos federais