Notícias

26.out.2018 RSS Senge

Copel, maior empresa pública do Paraná, completa 64 anos

Parabéns engenheiros e demais funcionários que mantém a excelência dos serviços da maior empresa pública do Paraná!

Dia_Criacao_Copel_2018

Fundada em 26 de outubro 1954, a Copel – Companhia Paranaense de Energia chega hoje aos 64 anos. A maior empresa pública do Paraná é responsável pelo atendimento direto de mais de 4.5 milhões de unidades consumidoras, entre lares, indústrias, comércios e propriedades rurais. Ao todo, a energia da Copel chega a 394 municípios e 1.113 localidades – distritos, vilas e povoados do Paraná e estados vizinhos.

O investimento em tecnologia e na expansão das atividades coloca a empresa entre as mais importantes do setor elétrico nacional. São 30 usinas próprias e 11 participações, com potência instalada equivalente a 4% de toda eletricidade gerada no país, a partir de fontes renováveis como hídrica e eólica. Os 195 mil quilômetros de linhas colocam a Copel na marca de terceira maior do Brasil em sistema de distribuição. Além da energia, a ampliação dos serviços para fornecimento de internet via fibra óptica atende 49 mil clientes, em todas as cidades do Paraná e em duas de Santa Catarina.

Os números e a trajetória da Copel comprovam o caráter estratégico da manutenção da Companhia nas mãos do Estado, como empresa pública, voltada ao atendimento dos interesses da população paranaense. Em diferentes gestões do governo do Paraná, estatal passou por ameaças de privatização. A mais contundente delas ocorreu em 2001, quando o então governador Jaime Lerner (DEM) pleiteou e abriu o caminho para a venda da Companhia. A campanha “A Copel é Nossa” sintetizou a contundente reação popular – com forte participação do Senge – que conseguiu barrar a venda da estatal à época.

A gestão de Beto Richa (PSDB), que passou os últimos 8 anos à frente do governo estadual, flertou com a privatização e tomou posições questionáveis para o pleno desenvolvimento da empresa. Em 2016, com aprovação da Assembleia Legislativa, o governo foi autorizado a vender ações da Copel. Já em 2017, o governo incentivou e conseguiu dobrar a distribuição dos lucros para os acionistas. Por outro lado, no mesmo ano, a Companhia anunciou redução de R$ 545 milhões no plano de investimento. Ainda em 2017, o governo e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinaram um Acordo de Cooperação Técnica para “planejamento e estruturação de projetos de desestatização”.

Neste dia de aniversário, o Senge reafirma o orgulho que a Copel representa para todos os paranaense, e renova o compromisso com a sua manutenção como empresa pública. Para fazer chegar a energia elétrica em cada canto do estado, 8.453 empregados integram o corpo funcional da Companhia. É a ação ousada e empreendedora de engenheiros, técnicos e profissionais de diversas habilitações que torna possível o desenvolvimento e o crescimento constante da empresa. Parabéns engenheiros e demais funcionários que mantém a excelência dos serviços da maior empresa pública do Paraná!